quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

É nesse vaivém...

Mal me aproximei e ela já foi se abrindo
Sem hesitar a atravessei
Sem nenhum pudor fui e voltei
Foi assim, seco, nem hi e nem bye
O ponto G estava bem aos meus pés
Que sensibilidade, um simples toque
E ela se arreganhou gemendo
Não demorou muito e logo percebi
Que não era o único
Ela estava ali, inerte, sem preconceito
Despudorada... A porta safada!!!!!!

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Morri de rir...quanta imaginação.

    ResponderExcluir
  2. Eitaaaaaaaaaaaaaaaaa (rs)
    Bjo, bjo e bjo! ;)

    ResponderExcluir