terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O que alimenta a saudade?


A saudade se apresenta assim que a pessoa amada se ausenta. E ela chega com uma adaga na mão esquerda bem aos moldes medievais. Rasga, perfura, dói.
A saudade é traiçoeira. Sempre te pega sozinho. Ela é o ou a amante que paradoxalmente gosto do outro ou da outra.
A saudade nos saúda com a fragrância de um perfume, nos colore o dia com a foto preto e branco.
A saudade é definitivamente obesa. Ela pesa, mas o que a alimenta?

Um comentário:

  1. A saudade nos mantem eternamente próximos de quem está distante.
    Bjux

    ResponderExcluir